A educação escolar indígena entre os Tingui-Botós

A educação escolar indígena entre os Tingui-Botós

Autor(a)
Luiz, Edvaldo.
<sol.nys@hotmail.com>
Ano de publicação
2020
Data da defesa
11/08/2020
Curso/Outros
Ciências Sociais (EaD)
Número de folhas
86
Tipo
TCC - Trabalho de Conclusão de Curso
Local
UFAL, Campus Arapiraca, Unidade Educacional ARAPIRACA
Resumo

O presente trabalho põe em discussão a realidade que se encontram as escolas indígenas em Alagoas, em especial a Escola Indígena Tingui-Botó no povoado Olho D’agua do Meio no município de Feira Grande (AL). Colocando em debate a problemática na sua infraestrutura que são visíveis, no seu material didático totalmente ultrapassado, bem como seu mobiliário escolar sucateado de outras escolas. O trabalho revela um pouco das dificuldades do povo aqui estudado encontram na sua instituição de ensino, com o intuito de tornar público tais necessidades buscando políticas públicas que possam sanar tais carências. Esta pesquisa tem como tema: A Educação Escolar Indígena em Alagoas, realizada entre 2018 e 2019 na aldeia indígena Tingui-Botó no povoado Olho D’agua do Meio no município de Feira Grande (AL), mas precisamente no âmbito da instituição de ensino da Escola Estadual Indígena Tingui-Botó, tem como objetivo principal tornar público e tentar fazer emergir a conscientização das autoridades competentes para elucidarem, entre outros, os problemas que estão visivelmente dificultando e até chegando ao estremo de paralização das atividades nessa instituição, que além de única, é de suma necessidade para o povo Tingui-Botó. Para esse trabalho utilizei a Etnografia, mediante técnica da “Observação Participante”, inserida na metodologia qualitativa, foi utilizado também entrevistas semiestruturadas. A pesquisa foi iniciada no dia 14/10/2018 e se estendeu a 22/08/2019.

Abstract

This research has as its theme: The Indigenous School Education in Alagoas, conducted between 2018 and 2019 in the Tingui-Botó indigenous village in the village Olho D'agua do Meio in the municipality of Feira Grande (AL), but precisely within the school's educational institution. Tingui-Botó Indigenous State, has as its main objective to make public and try to raise awareness of the competent authorities to clarify, among others, the problems that are visibly hindering and even reaching the point of paralysis of activities in this institution, which is unique, of utmost need for the Tingui-Botó people. This work has been divided into three chapters: The first chapter “The emergence of Indigenous School Education in Brazil: a brief account of the socio-historical process” gives a retrospective of how the process of “forced” integration of indigenous people into national society took place. The second chapter “Indigenous Life in the Tingui-Botó Community” discusses the Tingui-Botó village, its origin, foundation, religiosity, its customs and traditions, its struggles and achievements. The third chapter, “The educational institution”, deals a little about the constitution regarding the rights to Indigenous School Education (ERA), and mainly deals with the village educational institution the Tingui-Botó Indigenous State School. The fieldwork was the ethnographic method used in the research, since it consists almost of a mandatory passage ritual in the formation of a researcher, according to George Stocking, the fieldwork through participant observation, preferably and a social group of dimensions. Very different from the one to which the researcher belongs, is the landmark of social and cultural anthropology, because, only in the field alone, with the actors in the scene and the relationships that are established between them, which may initially be based on empathy. or true social dramas, is that we can infer the resources, methods and techniques to be used.

Orientador(a)
Dr. Amorim, Siloé Soares do.
Coorientador(a)
Lima, Jéssika Danielle dos Santos Pereira.
Banca Examinadora
Lima, Jéssika Danielle dos Santos Pereira.
Dr. Peixoto, José Adelson Lopes.
Palavras-chave
Tingui-Botós (Povo indígena).
Educação indígena.
Escola Indígena Tigui - Botó (Povoadp Olho D'água do Meio, Feira Grande, AL).
Áreas do Conhecimento/Localização
Coleção Propriedade Intelectual (CPI) - BSCA.
Categorias CNPQ
6.00.00.00-7 Ciências sociais aplicadas.
Visualizações
521
Observações


Não foi possível exibir o PDF