Uso de medicamentos psicotrópicos utilizados por fumicultores que manuseiam agrotóxicos no município de Arapiraca - AL

Uso de medicamentos psicotrópicos utilizados por fumicultores que manuseiam agrotóxicos no município de Arapiraca - AL

Autor(a)
Santos, Maria Crislaide dos.
<crislaidemaria@gmail.com>
Ano de publicação
2022
Data da defesa
18/04/2022
Curso/Outros
Enfermagem
Número de folhas
51
Tipo
TCC - Trabalho de Conclusão de Curso
Local
UFAL, Campus Arapiraca, Unidade Educacional ARAPIRACA
Resumo

O referente trabalho trata-se de um estudo, acerca do uso de medicamentos psicotrópicos utilizados por fumicultores que manuseiam agrotóxicos no município de Arapiraca- AL, com o objetivo de analisar o uso de medicamentos psicotrópicos registrados em prontuários de fumicultores que manuseiam agrotóxicos. O trabalho justifica-se por sua temática pouco discutida no campo da saúde coletiva e do trabalhador rural, porém necessária para elucidar a frequência de medicamentos psicotrópicos utilizados pela população que trabalha com a fumicultura em Arapiraca. Pesquisa de caráter descritivo, retrospectivo, transversal e documental com abordagem quantitativa, foi realizada a partir de registros presentes em 149 prontuários de fumicultores que frequentaram Unidades Básicas de Saúde da Família de comunidades rurais do município de Arapiraca, Alagoas, no período de 2008 a 2013. Foi identificado que a maioria da população estudada era feminina (66%) e que independente do sexo o início do uso de psicotrópicos foi a partir dos 40 anos. Os psicotrópicos com maior prevalência foram o Rivotril, amitriptilina, clonazepam, diazepam. A sintomatologia clínica predominante foi cefaleia, seguida de dor epigástrica, febre e tontura. As queixas relatadas pelos fumicultores relacionadas a saúde mental foram nervosismo, agressividade, ansiedade e tristeza. Em relação aos sistemas do corpo humano a maior prevalência de queixas esteve relacionada ao sistema nervoso, esquelético e muscular. Os resultados indicaram uma possível relação entre o uso de psicotrópicos e manuseio/exposição de agrotóxicos no exercício laboral dos fumicultores (as). No entanto, a escassez de informações presentes nos registros dos prontuários, foi um fator limitante neste trabalho. A escassez de diagnósticos de saúde mental, avaliação clínica e a presença de prescrições de psicotrópicos evidenciaram a necessidade de capacitações dos profissionais de saúde na área de saúde mental e o estabelecimento de uma abordagem interdisciplinar, com escuta dinâmica e sistematizada nas consultas das unidades básicas, de modo a permitir elo de confiança entre paciente e os profissionais de saúde.

Abstract

The reference study is a study, about the use of psychotropic drugs used by fumicultors who handle pesticides in the municipality of Arapiraca- AL, with the objective of analyzing the use of psychotropic drugs recorded in the medical records of fumicultors who handle pesticides. The work is justified by its theme little discussed in the field of collective health and rural workers, but necessary to elucidate the frequency of psychotropic drugs used by the population working with smoking in Arapiraca. A descriptive, retrospective, cross-sectional and documentary study with a quantitative approach was carried out from records present in 149 medical records of fumicultores who attended Basic Family Health Units of rural communities in the municipality of Arapiraca, Alagoas, from 2008 to 2013. It was identified that the majority of the studied population was female (66%) and that regardless of gender the beginning of psychotropic use was from 40 years. The psychotropic drugs with the highest prevalence were Rivotril, amitriptyline, clonazepam, diazepam. The predominant clinical symptomatology was headache, followed by epigastric pain, fever, and dizziness. The complaints reported by the mental health-related fumicultores were nervousness, aggression, anxiety and sadness. Regarding the systems of the human body, the highest prevalence of complaints was related to the nervous, skeletal and muscular systems. The results indicated a possible relationship between the use of psychotropic drugs and the handling/exposure of pesticides in the labor exercise of fumiculers. However, the scarcity of information present in medical records was a limiting factor in this study. The scarcity of mental health diagnoses, clinical evaluation and the presence of psychotropic prescriptions evidenced the need for training of health professionals in the area of mental health and the establishment of an interdisciplinary approach, with dynamic and systematized listening in the consultations of the basic units, in order to allow a link of trust between the patient and the health professionals.

Orientador(a)
Dr.ª Farias, Karol Fireman de.
Coorientador(a)
Dr.ª Santos, Ana Caroline Melo dos.
Banca Examinadora
Dr.ª Santos, Ana Caroline Melo dos.
Dr.ª Serbim, Andreivna Kharenine.
Dr.ª Santos, Bruna Priscila dos.
Palavras-chave
Saúde mental.
Psicotrópicos.
Fumicultores.
Trabalhadores do fumo.
Áreas do Conhecimento/Localização
Coleção Propriedade Intelectual - CPI/BSCA.
Categorias CNPQ
4.00.00.00-1 Ciências da saúde.
Visualizações
29
Observações


Não foi possível exibir o PDF